Review - Ultraman Orb O Filme - Mais um presente da Tsuburaya para seus fãs


Quem acompanha o universo Ultraman, sabe que desde 2013 a Tsuburaya vem seguindo um novo formato em suas séries. Iniciado com Ultraman Ginga, a nova antologia dos Ultras vem trazendo historias cada vez mais inovadoras. A Tsuburaya vem trazendo séries mais curtas e especiais e filmes que enriquecem cada vez mais a franquia. Em 2016, foi a vez de Ultraman Orb entrar em cena, substituindo Ultraman X e também com a missão de comemorar o 50º aniversário da produtora. Um grande feito, já que não é toda produtora que consegue se manter por meio século, e mesmo com tantos altos e baixos, a Tsuburaya com certeza pode dizer que se encontra em uma de suas melhores fases dentro de todos estes anos.

Sem sombra de dúvidas, Orb é um dos grandes responsáveis por este salto da Tsuburaya. A série que estreou em julho de 2016, foi um grande sucesso de audiência e uma das séries mais lucrativas, rendendo até mesmo um prequel exibido pela rede de streaming da Amazon Prime em diversos países. Hoje, Orb é um dos carros chefe da franquia. Seu sucesso também rendeu um filme, o qual iremos abordar agora neste review. Mais uma grande e inesquecível produção e um verdadeiro deleite para os fãs, tanto para quem acompanha estes heróis deste a infância como para quem está conhecendo agora este universo.


O filme ganhou o título de Ultraman Orb Gekijioban! – Kizuna no Chikara Okarishimasu (Ultraman Orb o Filme – Concedam-me o poder de suas luzes) e estreou no dia 11 de março deste ano nos cinemas japoneses, quase a mesma data que o filme de Ultraman X estreou em 2016. O seu lançamento foi um grande sucesso e o filme conseguiu estrear em 7º lugar na bilheteria geral do Japão, um resultado muito satisfatório, já que os filmes anteriores não conseguiram passar da 10ª posição. A produção novamente contou com a direção do renomado diretor Kyotaka Taguchi que produziu Ultraman X e também a série de Orb e novamente fez um excelente trabalho trazendo tudo o que nós fãs gostamos de ver. Já o roteiro ficou a cargo de Takao Nakano um dos roteiristas de Ultraman X.


O filme traz uma aventura totalmente inédita do herói, e pode ser considerado uma continuação direta da série. Na trama, o andarilho Gai Kurenai ainda se encontra longe, pois após os acontecimentos da série de TV, ele teria retornado para a sua terra natal. Porém Orb é forçado a aparecer na terra quando um dos inimigos do passado retorna, trata-se do terrível mecha Galactron. O filme já se inicia com uma bela batalha, com Orb em usa forma Origin. Ele tem dificuldades em derrotar Galactron mesmo com sua Orb Calibur, e eis que ele recebe a ajuda de um grande amigo, Ultraman Zero (afinal, este não poderia faltar). Zero então o alerta sobre uma nova calamidade que deve assolar a terra em breve.

O filme une novamente os Ultras anteriores, trazendo de volta os Ultras da nova geração, Ginga, Victory e X. Aliás, Ultraman X tem um importante papel na história. Daichi Ozora e Ultraman X estão separados pois Daichi acabou sendo pego pelo inimigo. Uma série de acontecimentos com ataques de Aliens pela cidade, aciona novamente a turma da SSP, que conseguem chegar até Daichi e o salva, claro com a ajuda de Jugglas Juggler (isso mesmo, você não leu errado). E nítida a mudança de personalidade de Juggler no filme que está bem diferente com o mesmo que outrora foi o principal inimigo de Orb, mas condiz com o que vimos no final da série. Ele e a SSP acabam sendo o alivio cômico do filme, com situações bastante inusitadas. O que faz o filme ser bastante divertido.

Juggler se junta a SSP para desvendar os novos mistérios.

Não demora muito para o inimigo se revelar, e Gai descobre que a bruxa espacial Mulnau está na terra e deseja transformar tudo em joias para aumentar a sua coleção e isso inclui os Ultraman. Ela já tinha Ultraman Ginga e Ultraman Victory em suas mãos. Ela não está sozinha e reúne a tríade de Aliens: Gutts Seijin, Hiporitto Seijin e Temperor Seijin, sim, a mesma turma que deu um trabalhão para Mebius e os Ultra Brothers no filme “Ultraman Mebius & Ultraman Brothers Yapool Ataca". Mas a astucia de Mulnau não termina por aí e ela também invoca o Alien Gapiya e o terrível Kaiju Deavorick que faz uma verdadeira devastação na cidade.

Ultraman Orb e X unem forças para acabar com os planos da bruxa Mulnau

Chega a hora de Orb e X se unirem para proteger a terra dos seguintes ataques. O filme é focado bastante em batalhas com lutas na maior parte do tempo, sem uma trama a se desenvolver com mais profundidade, nem mesmo muita explicação sobre os novos vilões. Um ponto positivo já que as batalhas são incríveis com efeitos especiais e visuais de encher os olhos, e consegue manter em um ritmo frenético prendendo a atenção de quem assiste. Uma prova de como os japoneses são felizes em poder ver tudo aquilo na telona dos cinemas. No entanto, faltou mais cenas com interação entre as pessoas da cidade, mais cenas com prédios desabando e etc, pois com certeza passariam ainda mais sensação de realismo. A turma da SSP ajuda muito nesse quesito, pois interagem na maior das batalhas filmando e torcendo pelos heróis.


Após muitas batalhas, X é derrotado e transformado em joia e junta-se aos ultras Ginga e Victory, e como não poderia faltar referências e homenagens, a cena em que os Ultras são transformados em joias nos remete aos clássicos episódios de Ultraman Ace, quando os Ultras são transformados em pedra pelo Alien Hiporito e salvos por Ultra Father. No filme, os Ultras são salvos graças a força de Naomi, Jetta e Shin que encorajam Gai que a esta altura também já estava completamente derrotado, este também foi o momento de uma grande revelação. As vozes de Naomi e os outros chegam até os Ultras que enviam as suas luzes que vão de encontro ao Orb para então formar a nova fusão, que reúne os poderes de Ginga, Victory e X, formando assim o Orb Trinity (Trindade). A nova fusão funcionou muito bem na tela, com uma cena de transformação maravilhosa.

A fusão que une os poderes das 3 luzes, nasce o Orb Trinity

Um dos momentos mais icônicos do filme, é quando Juggler utiliza o Dark Ring para fazer uma fusão de monstros, utilizando as cartas de Pandon e Zetton e forma Zeppandon para tentar ajudar Orb na luta. A cena é a mesma usada nas fusões de Orb. Juggler acabou sendo de grande ajuda, mas  no fim é derrotado pelos aliens, mas apesar de não conseguir muito no campo de batalha, ele consegue recuperar o Dark Ring que estava nas mãos de Mulnau o joga-lo em uma outra dimensão, fazendo com a força dos inimigos invocados pela bruxa diminuíssem. 

Momento único do filme, Juggler luta ao lado de Orb como Zettpandon

As batalhas continuam até que Orb Trinity utiliza toda sua força, e trava uma batalha decisiva com Deavorick ao pôr do sol, algo que sempre foi marca registrada da Tsuburaya e que também não poderia faltar.
Chega então um dos pontos altos do filme e acredito que mais esperado pelos fãs, que é a chegada de Ultraseven. Algo bastante propicio já que este ano, comemora-se os 50 anos do clássico. O ator Koji Moritsugu dá o ar de sua graça novamente como Dan Moroboshi e pronuncia algumas palavras antes de se transformar. Assim temos uma das cenas mais lindas do filme ao som do clássico “Ultraseven no Uta”, abertura de Ultraseven. 
O filme termina com a derrota dos aliens e a volta de todos os Ultras. A turma da SSP se despede novamente de Gai que parte para uma nova batalha instruído por Ultraman Zero com uma cena que abre as portas para a série Ultra Orb Fight que se iniciou logo após o filme.


CONSIDERAÇÕES DO BLOG

Ultraman Orb O filme, é um filme bastante divertido e muito belo visualmente, é sem dúvidas um filme para ver com toda a família. A trama é simples e bastante previsível, ou seja, roteiro não foi o foco da Tsuburaya neste filme, mas as cenas de ação compensam, além de trazer de volta os personagens da série o que já é muito gratificante, e também tira um pouco o drama e a tensão que ficou no ar após o final da série de TV, provando que Orb ainda tem muito o que mostrar, mesmo já tendo passado o bastão para Geed.  

O filme termina com a canção TWO as ONE da banda Da-ICE mostrando os melhores momentos da série, e é bom mencionar que possuí uma curta cena pós- crédito, então veja até o último minuto. O Filme é com certeza um grande presente da Tsuburaya para seus fãs e uma grande homenagem ao Ultra do ano, Ultraseven. Mais uma vez, a Tsuburaya dá uma lição de como fazer um filme simples, que ao mesmo tempo homenageia o passado e abre portas para o futuro. 

O blu Ray do filme será lançado dia 28 deste mês no Japão. 


Titulo Original: Gekijōban - Urutoraman Ōbu - Kizuna no Chikara, Okarishimasu!
Produção: Tsuburaya Productions
Data de lançamento: 11 de março de 2017 
Duração: 71 minutos
Direção: Kyotaka Taguchi 
Roteiro: Takao Nakano
Música: Takao Konishi 
Distribuição: Shochiku

Elenco: 
Gai Kurenai/Ultraman Orb - Hideo Ishiguro
Naomi Yumeno - Miyabi Matsuura
Jetta Hayami - Naoto Takahashi
Shin Matsudo - Hiroaki Nerio
Itetsu Shibukawa - Shingo Yanagisawa 
Juggler Juggles - Takaya Aoyagi
Daichi Ozora - Kensuke Takahashi 
Dan Moroboshi - Koji Moritsugu
Mulnau - Oniyakko Tsubaki
Ultraman X Voz - Yuchi Nakamura
Ultraman Zero Voz - Mamoru Miyano 
Ultraman Ginga Voz - Takuya Negishi 
Ultraman Victory Voz - Kiyotaka Uji

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.